Gestão de Desempenho

O Programa de Avaliação de Desempenho dos servidores da carreira técnico-administrativa em educação compreende todo o processo de gestão do desempenho desde o estabelecimento de Planos de Trabalho com base nos objetivos e metas institucionais, atribuições regimentais e dos cargos, passando pelo Desenvolvimento, Acompanhamento e Suporte a essas atividades pelo próprio servidor, equipe, chefia e Universidade, até a Avaliação de Desempenho propriamente dita, incluindo o adequado desenvolvimento das atividades e a avaliação de competências individuais e das chefias, das condições de trabalho, do funcionamento das equipes, das necessidades de dimensionamento e a avaliação dos serviços pelos usuários.

Plano de Trabalho

Decorrente do processo de planejamento institucional, com vistas ao alcance de objetivos e metas estabelecidos coletivamente, o Plano de Trabalho representa um processo de reflexão crítica do servidor sobre seu papel estratégico no desenvolvimento de soluções coletivas para as questões institucionais.

Seu caráter propositivo promove a apropriação do processo de trabalho pelo servidor, buscando garantir tanto a articulação com as necessidades da Universidade como com a realização do servidor enquanto profissional e cidadão, respeitando a particularidade de sua atividade e promovendo o aproveitamento e desenvolvimento de competências e potencialidades individuais.

Como é acordado previamente, ajuda a estabelecer expectativas claras e critérios objetivos para o desempenho das atividades, relacionados com os objetivos e metas institucionais e referendados coletivamente no diálogo com as equipes e chefias.

A publicação dos Planos de Trabalho converte as atividades em domínio público, facilitando a integração entre os ambientes organizacionais e instrumentalizando o controle social.

Desenvolvimento, Acompanhamento e Suporte

O desenvolvimento contínuo das atividades previstas no Plano de Trabalho é um processo extremamente variado. Assim como os cargos, atividades e equipes envolvidas, com características específicas dos servidores e chefias que desenvolvem o processo de trabalho.

Requer a aplicação de esforços e competências individuais e coletivas, no uso dos recursos disponíveis, nas condições de trabalho dadas, para a realização qualificada das atividades previstas. O desempenho é o resultado da interação mútua destes fatores. Tendo a Universidade como um objetivo o bom desempenho na prestação de serviços, atendimento aos usuários e aplicação de recursos. Deve-se considerar que a avaliação e melhoria de todos estes fatores é importante, assim como a própria interação/comunicação entre esses fatores e agentes.

Avaliação de Desempenho

A Avaliação de Desempenho é um instrumento gerencial que permite avaliar se os servidores e equipes estão desenvolvendo as atividades necessárias ao funcionamento da Universidade e ao alcance dos objetivos e metas institucionais.

Ao promover a avaliação e revisão dos Planos de Trabalho pelos próprios servidores e equipes, a Avaliação de Desempenho se configura em um processo pedagógico e de aprimoramento dos processos de trabalho.

A progressão do servidor na carreira está condicionada ao desenvolvimento do Plano de Trabalho, que tem sua origem no processo coletivo de definição de atividades, derivadas das necessidades institucionais e dos objetivos e metas da Universidade.

Mais do que apenas avaliar o empenho, responsabilidade e mérito individual, a avaliação pretende coletar e gerar subsídios para o planejamento estratégico das políticas de desenvolvimento de pessoal. Nesse sentido avalia também as necessidades de aprimoramento de servidores, chefias e equipes em suas competências e condições de trabalho.

A análise dos dados da avaliação auxilia no estabelecimento de prioridades  nos programas de capacitação e qualificação, na avaliação do dimensionamento e a matriz de alocação de servidores e no fomento de ações ou intervenções coletivas na área de saúde e qualidade de vida.

Para contemplar todos estes objetivos a Avaliação de Desempenho, em seu sentido amplo, utiliza uma variedade de processos e sistemas avaliativos. Alguns destes estão em processo de planejamento e implantação, enquanto outros já operam e estão em constante revisão e refinamento.