I Encontro Presencial da Comissão de Assessoria de Projetos Político-pedagógicos de Cursos

Como parte das ações que visam a melhoria contínua da qualidade no atendimento às demandas dos processos acadêmicos e pedagógicos da graduação, a PROGRAD promoveu o I Encontro de Formação com a Comissão de Assessoria de Projeto-pedagógicos de Cursos (CAPPC) nos dias 09 e 10 de agosto de 2018.

O evento, que aconteceu no campus Santana do Livramento da UNIPAMPA, teve o objetivo de constituir um espaço para estudo e aprofundamento de concepções, normatizações e legislações relativas à tessitura de Projetos Político-pedagógicos de Cursos de Graduação (PPCs) na UNIPAMPA.

O encontro visou especialmente estudo e reflexões diante da importância dos PPCs. Foi apresentado o Instrumento de Avaliação de Curso Presencial e a Distância – Autorização, Reconhecimento e Renovação de Reconhecimento (Inep) -2017 e suas implicações na (re) elaboração dos PPCs. O Encontro também aprofundou estudos sobre a regulação e a documentação, assim como estudou normativas utilizadas na elaboração de PPCs. Na tarde de sexta-feira, iniciou a proposição de novas diretrizes que irão orientar a elaboração e revisão dos PPCs na Instituição.

 

Da esquerda para a direita: Coordenadora de Planejamento, Desenvolvimento e Avaliação, Viviane Kanitz Gentil; Vice-reitor, Maurício Aires Vieira; Pró-reitora Adjunta de Graduação, Amélia Rota Borges de Bastos e Chefe da Divisão de Regulação e Avaliação, Lisete Funari Dias na abertura do I Encontro Presencial CAPPC.

 

Membros da Comissão de Assessoria de PPCs da UNIPAMPA.

Com informações da Coordenadoria de Planejamento, Desenvolvimento e Avaliação.

08 de maio é a data limite para envio de PPCs à Divisão de Planejamento e Desenvolvimento

Conforme o Calendário Acadêmico da UNIPAMPA, 08 de maio de 2018 é a data limite para o envio de Projetos Pedagógicos à Divisão de Planejamento e Desenvolvimento (DPD) com propostas de alterações referentes à nomenclatura, número de vagas, turno e tempo de integralização do curso de graduação a serem implementadas em 2019/1.

É importante observar que, antes de 08 de maio de 2018, os PPCs precisam ser analisados e aprovados pela Comissão Local de Ensino do Campus.

Os documentos que comporão o processo a ser encaminhados a essa Divisão, por memorando, são: o Projeto Pedagógico (em formato Word ou ODT e PDF), o Formulário de Análise (com o Parecer 1) e a Ata de Aprovação pela  Comissão Local de Ensino do Campus.

À medida que os Projetos Pedagógicos são recebidos pela DPD, entram na ordem de trabalhos de análise.

Dando continuidade ao trâmite do processo, a DPD analisa e emite o Parecer 2, e se o PPC estiver adequado à legislação e normativas institucionais, será encaminhado às instâncias superiores da Instituição.

No link “Arquivos Úteis à Elaboração de PPCs”, os NDEs e Comissões de Curso podem acessar documentos importantes para a elaboração dos projetos.

Ministério da Educação publica documento de orientação para implementação das novas Diretrizes das licenciaturas em relação às técnicas de ensino

O Ministério da Educação publica, no dia 12 de maio de 2016, documento orientador sobre questões relativas à Didática, Metodologias e Práticas de Ensino a fim de auxiliar os cursos de licenciaturas na revisão de seus currículos, qualificar a formação de professores para a Educação Básica e implementar a Resolução CNE/CP nº 02/2015.

Para visualizar a notícia na página do MEC, clique aqui.

Orientações para cursos de Formação de Professores nas áreas de Didática, Metodologias e Práticas de Ensino – Documento-base SEB/MEC

Minuta da Resolução sobre inclusão de temáticas transversais nos PPCs

A equipe da Divisão de Planejamento e Desenvolvimento da PROGRAD está construindo, desde princípios de 2016, documento que disporá a inclusão de temáticas transversais nos PPCs dos cursos de graduação da UNIPAMPA.

Os temas transversais em discussão e que necessitam atenção nas atividades curriculares dos projetos de curso são:

  • Educação em Direitos Humanos;
  • Educação das Relações Étnico-Raciais;
  • Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena;
  • Educação Ambiental;
  • Educação para o respeito às diversidades de gênero, sexual, faixas geracionais, de classes sociais, religiosas, de necessidades especiais, entre outras.

Este documentos será discutido com a comunidade acadêmica, sendo encaminhado para discussão em cada unidade universitária que compõe a UNIPAMPA.